skip to Main Content

Qual a importância do employer branding?

Faz certo tempo que salários elevados e generosos benefícios financeiros deixaram de ser considerados os fatores principais para segurar bons profissionais dentro de uma empresa. Atualmente, para que uma organização consiga manter um time de alta performance e atrair ainda mais talentos para compor sua equipe é necessário investir no desenvolvimento de uma imagem que desperte o interesse de profissionais em fazer parte do núcleo admirado por ele. Agora, mais do que nunca, a cultura e os valores da empresa podem fazer toda a diferença para o alcance do sucesso no mercado atuante.

 

A importância de investir no employer branding

De modo bem claro e direto, a aplicação desta estratégia deve permitir que a organização venha despertar interesses a ponto de ser procurada por grandes profissionais do mercado e não precisar disputá-los com a concorrência. Além de atrair novos talentos, o employer branding também serve para reter a mão de obra de alto nível na empresa por meio da satisfação e motivação no ambiente de trabalho.

Sendo assim, a importância em transformar este conceito em algo prático pode ser resumida em alguns tópicos simples e objetivos que demonstram os benefícios conquistados ao se atribuir o devido valor ao emprego desta estratégia.

 

Produtividade elevada – existe uma retribuição positiva dos colaboradores que enxergam na empresa um zelo pelo bem-estar de seus profissionais.

Propaganda involuntária – um funcionário satisfeito tende a exaltar seu empregador sempre que possível. Esse “boca a boca” pode gerar frutos tanto em relação aos clientes como em outros profissionais.

Fortalecimento em parcerias – além de clientes, fornecedores também podem ser influenciados pela maneira positiva da cultura organizacional em prol de seus colaboradores.

Redução de investimentos em treinamentos e cursos uma vez que a rotatividade entre os trabalhadores é reduzida e muitos deles já possuem altos níveis de conhecimento.

Otimização de processo seletivo – menos troca de colaboradores e maior número de currículos enviados voluntariamente por bons profissionais.

Retorno financeiro – um funcionário feliz produz mais e com mais qualidade, consequentemente gerando mais retorno financeiro.

Só mais uma coisa, a parceria entre a área de Marketing e RH é bastante importante para o desenvolvimento de ações eficientes (como medidas sustentáveis, estímulo à diversidade social, flexibilidade, desburocratização, entre outras ações). É algo que deve iniciar internamente e refletir externamente demonstrando o diferencial tão cativante capaz de atrair tantos colaboradores de alto nível e mantê-los satisfeitos em trabalhar na organização.

Back To Top